Bispo enviado pelo Vaticano defende Medjugorje

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

bispoenviadodefende

Medjugorje encoraja o desenvolvimento da fé, estes são frutos dos quais não se podem negar, disse o Arcebispo polonês Henryk Hoser, que estuda as questões pastorais. Para muitas pessoas este envio serve para criar uma imagem de que o Papa Franscisco exige um controle rigoroso de Medjugorje.

O jornal italiano La Fede Quotidiana de 15 de fevereiro de 2017 já deu informações significativas sob suas opiniões sobre Medjugorje quando declarou que ouviu do próprio Papa João Paulo II chamar Medjugorje de “O seu santuário”. O Arcebispo Hoser disse sobre o Papa João Paulo II: “Ele era dedicado à Virgem Maria em todas as suas manifestações, incluindo a de Medjugorje”.

O Arcebispo foi enviado em visita a Medjugorje para uma maior compreensão da situação pastoral em Medjugorje, a fim de compreender melhor as exigências dos fiéis que vão em massa em peregrinações, mas sem indagar sobre a veracidade das aparições e propor iniciativas pastorais futuras: “eu estarei limitado à doutrina pastoral e portanto não posso responder sobre as veracidade das aparições em Medjugorje”, mas acrescentou que no que se trata dos frutos da fé, Medjugorje não pode ser negada: “Os frutos da fé são mais do que positivos. Nos frutos estão rezar o Rosário, a Adoração Eucarística,  Jejum e a Penitência, porque favorece o desenvolvimento de toda a fé. Em Medjugorje vemos as pessoas retornarem aos sacramentos, vemos a conversão, a mudança do estado de vida, a participação na celebração Eucarística, a confissão, a cura, e tudo isto acontece em Medjugorje. Não podemoos negar nem ignorar”.

Sobre a estimativa de que mais de 2.000.000 de peregrinos visitem Medjugorje todos os anos, o enviado do Vaticano disse: “Significa algo para a Igreja”. Acrescentou que não podia analisar os aspectos teológios e os eventos de Medjugorje, que estão sob a responsabilidade da Congregação para a Doutrina da Fé: “Somente posso agir o pastoralmente”.

O Arcebispo conclui a sua entrevista dizendo: “Eu acredito na Virgem Maria, acredito em todas as suas manifestações”.

Fonte: http://www.dnevno.hr/vjera/iz-zivota-crkve/papin-izaslanik-obranio-medugorje-ne-mozete-zanijekati-plodove-medugorja-1004202/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *