Escolas fechadas para a primeira aparição na Itália

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

3.000 participantes foram menos do que o esperado para a primeira parada do vidente Ivan Dragicevic em sua turnê de uma semana pela Itália. Alguns ônibus nunca chegaram, mas as escolas e ruas foram fechadas em Monteforte, onde o prefeito assistiu Ivan de sua janela para evitar atrair a atenção para si mesmo.

Vidente Ivan durante a sua aparição em Monteforte. Foto: Radio Maria
Vidente Ivan durante a sua aparição em Monteforte. Foto: Radio Maria

O vidente de Medjugorje Ivan Dragicevic iniciou os seus oito dias na Itália com sete palestras agendadas e aparições públicas. No sábado, 6.000 pessoas eram esperadas em Monteforte, perto de Verona, mas apenas cerca da metade deste número apareceu, parcialmente porque alguns ônibus não chegaram.

O comparecimento terminou em um número estimado de 3.000 pessoas, que foram recebidas por 300 voluntários, relatou o canal de notícias on-line italiano L´Arena. Escolas e ruas foram fechados para dar espaço para o evento chamado de maratona de oração pelos organizadores.

O esvaziamento começou lentamente as 10:30 que durou até as 17:00 quando começaram a chegar as pessoas , a pouco menos de duas horas da aparição pública de Ivan, marcada para as 18:40.

Ivan com parte dos participantes em 3,000 Monteforte. Foto: Rádio Maria
Ivan com parte dos participantes em 3,000 Monteforte. Foto: Rádio Maria

Se os organizadores estavam levemente desapontados com o público ter sido menor do que o esperado, a Virgem Maria não estava. Ivan disse sobre a sua aparição que durou cerca de cinco minutos:

“Nossa Senhora disse que o Seu coração se encheu de alegria ao ver tantas pessoas.”

“Ela renovou Sua chamada para a oração, em particular nas famílias.” continuou Ivan.

O pároco de Monteforte, Alessandro Bonetti olhou mais para a qualidade do que para a quantidade ao descrever a reação dos seus paroquianos para o encontro de oração que durou o dia inteiro.

Padre Alessando Bonetti, pároco de Monteforte.
Padre Alessando Bonetti, pároco de Monteforte.

“Eu vejo a busca de respostas para poder seguir em frente, uma compostura notável nas pessoas que estão à espera de um sinal, de uma mensagem”, disse o pároco.

O prefeito Carlo Tessari acompanhou o encontro de oração pela janela do seu escritório com vista para a praça.

“Foi uma escolha de estar aqui, mas não parecia certo ir para a primeira fila só porque eu sou o prefeito. É um grande evento para o país, e por isso agradeço ao pároco. ” Tessari comentou.

Estava presente no encontro também o diretor regional Stefano Valdegamberi.

“Medjugorje produz frutos muito positivos, ainda que muitos acreditem ou não. Ali, as vocações nascem, a vida muda, se comprometem. Lá, o vazio dos verdadeiros valores é preenchido. Aplaudo o padre Alessandro e aos outros, o agradecimento é devido porque, mesmo aqueles que não podem ir a Medjugorje têm a oportunidade de viver essa experiência “, disse o diretor regional.

Aparição de Nossa Senhora ao vidente Ivan em 15/09/2012

A aparição começa aos 0:44

 

Matéria original: http://www.medjugorjetoday.tv/7091/schools-closed-for-ivans-italy-premier/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *