MÃE E FILHA HINDUS DEVOTAS CONVERTEM-SE E LEVAM SUA FAMÍLIA A MEDJUGORJE

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

MÃE E FILHA HINDUS DEVOTAS CONVERTEM-SE e LEVAM SUA FAMÍLIA A MEDJUGORJE

 “Somos todos hindus, mas Maria chamou-nos para descobrir seu Filho, Jesus”

hindus1
Jyoti com sua filha, Bavini.

JYOTI BAHDRESA, UMA MULHER HINDU devotA, foi convidadA por SUA cunhada CATÓLICA para visitar Medjugorje. ElAs vieram em maio e JYOTI teve uma experiência QUE mudOU SUA vida e trouxe sua família de volta com ela para o Festival da Juventude. Eles SE HOSPEDARAM conosco NA PENSÃO DA VIDENTE MARIJA e estamos felizes de compartilhar seu testemunho INACREDITÁVEL.

“Há 30 anos que eu conheço o cristianismo através da minha cunhada, mas eu nunca considerei isso uma coisa para mim, eu tinha o hinduísmo, e eu era uma hindu muito devota. Eu tinha todas as minhas estátuas e imagens para os diferentes deuses e deusas e fazia todas as minhas orações sempre “.

“Eu até visitei igrejas católicas com a minha cunhada, com a participação de missas, mas eu nunca pensei que seria necessário mudar de religião”.

“MINHA FILHA logo me CHAMou de LOUCa. Mais tarde, ela me telefonou DA AUSTRÁLIA dizendo que ela teve um sonho estranho e que quando acordou a imagem de SAI BABA tinha pulado do seu anel”.

“Minha cunhada estava me contando sobre Medjugorje. Ela me disse que o Movimento Nacional Medjugorje estava fazendo uma apresentação sobre o Santuário e me pediu para vir junto “.

“Eles disseram que iam em maio e minha cunhada me disse: ‘vamos lá!” – E eu disse ok! ”

“Minha visão era que todas as religiões eram apenas diferentes maneiras de orar e isso não importava. Quando eu vim para Medjugorje eu estava usando anéis e objetos hindus. Para mim, eu não esperava conversão, porque eu não achava que isso importasse, havia muitos deuses e muitas religiões, tanto quanto eu entendia.

“Havia tanta paz lá, que foi a primeira coisa que me atingiu. Eu fiquei ouvindo essa história da Mãe de Deus querendo mostrar às pessoas o caminho para Seu Filho. No terceiro dia, foi meu aniversário e minha cunhada me deu um crucifixo bento. Eu estava coberta com muitos dos meus próprios artigos religiosos, mas quando eu usei esse crucifixo tirei vários dos meus objetos e me encontrei começando a procurar ainda mais. Eu queria saber mais sobre o que estava acontecendo em Medjugorje. Então, enquanto eu estava lá eu comecei a investigar a sério.

“Eu estava assustada no começo e minha família toda era contra mim, mas eu coloquei-me debaixo proteção de Maria, e agora muitos deles estão vindo comigo”.

 Eu percebi que estava sempre à procura. Eu queria ouvir o que era exatamente a mensagem precisa que a Santíssima Virgem supostamente tinha a dizer. Era que havia um só Deus e uma fé, e a Igreja era o lar. A partir daí eu comecei a ter sede de aprender tudo sobre essa fé e essa igreja. Eu não posso explicar o que aconteceu, mas foi uma conversão do coração. Não havia muitos deuses e muitas religiões, há um só Deus e uma verdadeira fé. Eu senti como se tivesse encontrado o que eu estava procurando e me sentia em casa”.

O momento decisivo para mim foi quando eu aprendi sobre a confissão. Fiquei me perguntando o que todo mundo fazia naquela fila. Então, quando me disseram que era a confissão, eu queria saber o que era. Em nossa fé, temos um entendimento diferente do pecado: carma. Quando eu ouvi sobre a confissão e o perdão dos pecados eu pensei como isso é possível – como você pode escapar do carma de seus pecados? Minha cunhada explicou tudo, como Jesus morreu por nossos pecados e que ele pagou por eles e por isso estou livre da dívida através da confissão. Ela me disse para ir a um padre e falar com ele sobre meus pecados. Eu fui até um sacerdote e quando estávamos falando sobre o pecado eu chorei e chorei e chorei. Eu não conseguia parar. Isso tocou a essência do meu ser e eu senti o perdão de Deus lá em Medjugorje e acreditei em Seu perdão. Agora eu quase não aguento esperar para me tornar católica para que eu possa fazer uma confissão completa e receber a absolvição completa.

“Minha segunda filha vive na Austrália, mas eu sempre falo com ela pelo Skype, então eu estava dizendo a ela sobre a minha experiência.

“Não só eu entendi que há um só Deus e que Maria é a Mãe de Cristo, mas eu também renunciei a todos os deuses e deusas anteriores que eu adorava.”

 “Ela disse:” Mãe o que está fazendo? você está ficando louca. Faça o que fizer, é melhor você não se converter.”

“Eu não sabia se eu estava me convertendo ou não, não era o que eu estava pensando, em vez disso eu reconhecia a presença de Maria e ela foi me mostrando algo, e tudo o que eu acreditava antes se tornou nada para mim.”

“Havia uma última pulseira ainda em mim – você deve compreender que eu era uma hindu tão devota antes e agora eu não podia acreditar que eu realmente joguei-a fora, que eu senti que não era mais correto.”

“Eu fui inicialmente recebida com resistência pela minha família. No entanto, eu fiquei forte e eu sabia que o que eu estava vendo e experimentando era a verdade.”

Eu voltei para casa e eu tenho que dizer que eu fiquei fisicamente incapaz de me ajoelhar diante de meu santuário com minhas estátuas, eu tive que montar o meu próprio com Jesus e nossa Mãe Santíssima.

Comecei a orar para eles de todo o meu coração e clamar por eles para obter ajuda.

Eu nem sequer queria olhar para a foto de Sai Baba – Eu estava com medo.

Como isso era possível?  antes eu era uma hindu devota, agora voltando de Medjugorje eu não conseguia olhar para as imagens e não queria nem me envolver com elas. Havia algo estranho acontecendo.

“Toda a minha vida eu estava procurando e em Medjugorje parecia o certo.”

Para minha surpresa, minha filha entrou em contato comigo alguns dias depois e seu tom era completamente diferente desta vez.

“Mamãe eu preciso te dizer uma coisa – algumas coisas estranhas têm acontecido. Eu tive um sonho onde me livrei de todas as minhas estátuas hindus e quando eu acordei na vida real eu vi que a imagem de Sai Baba havia se partido e caído meu anel. Agora eu acho extremamente desconfortável orar ou mesmo olhar para todas as diferentes estátuas de deuses e deusas. ”

“Eu me livrei de todos eles mamãe. Estive lendo sobre a Fé Cristã e eu quero ser batizada e tornar-me uma católica. ”

“Fiquei chocada ouvindo isso que estava acontecendo no outro lado do mundo, na Austrália, enquanto eu estava orando aqui em Medjugorje. Eu nem estava pensando muito sobre os aspectos práticos de me tornar uma católica, nesta fase, embora eu me sentisse chamada e aí foi a minha filha que quis ser batizada. ”

“E isso foi exatamente o que aconteceu comigo, não conseguia olhar para o meu santuário de modo que havia algo de estranho nisso. Eu disse à minha filha “você tem certeza? porque esta é toda uma mudança de fé, isso é sério que você não pode apenas converter, você tem que ir às aulas e ser batizada. Eu disse a ela para ir e ler mais sobre o assunto. ”

“Eu senti como se tivesse chegado em meu lar. Minha filha nem sequer tinha vindo a qualquer uma das viagens a Medjugorje, mas apenas por meio de minha visita a graça de Nossa Senhora chegou e mesmo a tocou. Ela veio neste outono para a Inglaterra e temos feito catequese regular da fé católica.

Minha cunhada me convidou para voltar com ela alguns meses depois para o Festival da Juventude – Eu declinei dizendo-lhe que não haveria maneira de  ir com minha família.

“Eu senti O chamadO para retornar A MEDJUGORJE tão cedo! Mais tarde eu entendi por que – PORQUE 4 membros da família VIERAM comigo “

hindus2
Jyoti Bhadresa (a direita da foto) com a sua familia e a vidente Marija Pavlovic

 Mas depois de repente senti o chamado estranho para ir. Eu pensei por quê quando eu tinha acabado de chegar. Eu disse à minha cunhada para me inscrever.

Eu compartilhei minha experiência de como Medjugorje me tocou com o resto da minha família. Nem todos aceitaram o que eu disse, o que eu entendo completamente.

No entanto o meu sobrinho continuava querendo ouvir mais. Ele queria vir para o Festival da Juventude, mas não queria deixar sua família. Oramos sobre isso e a próxima coisa que soubemos era que sua esposa queria ir com seu bebê e também sua mãe – minha irmã.

Eu percebi por que Maria me chamou de volta tão cedo, porque ela queria que a minha família viesse comigo.

Voltei dois meses mais tarde, com mais quatro membros da família, todos da fé hindu e todos indo para Medjugorje. Estávamos com um grande grupo e tivemos a semana mais incrível nos hospedando com a vidente Marija. Acima de tudo, descobrimos Jesus na Eucaristia. A adoração era tão bonita!

Naquela semana, eu só posso dizer que a Mãe de Deus nos trouxe todos para descobrir o seu Filho, Jesus.

Minha filha e eu renunciamos oficialmente à nossas crenças anteriores que adoram muitos deuses e ídolos, e fizemos a catequese para sermos batizadas e tornar-nos católicas na próxima Páscoa. Minha irmã, sobrinho e sua esposa também estão aprendendo sobre o catolicismo.

Rezar o rosário todos os dias e tentar viver as mensagens de Nossa Senhora me ajuda a lidar com as lutas que eu enfrento nesta jornada.

Este é apenas um breve testemunho de tantas graças que estamos experimentando através de Medjugorje. Se há uma coisa que eu gostaria de pedir das pessoas que possam ler isto é por favor, orem por nós nesta jornada. Tenho a certeza que as pessoas vão entender por que precisamos de suas orações e suas orações são muito apreciadas. Tudo tenho colocado sob a proteção de Nossa Senhora eu sei que ela vai trazer-nos com segurança a seu Filho pois Ela começou esta jornada. ”

Traduzida por Ehusson Chequer

Fonte da matéria: http://www.nationalmedjugorjemovement.com/news/devout-hindu-mother-and-daughter-convert-and-bring-their-family-to-medjugorje/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *