Marija: nós estávamos prontos para sermos mártires

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Perseguidos pelos governantes comunistas, os videntes estavam prontos para o martírio quando a Virgem Maria lhes apareceu pela primeira vez em 1981, a vidente Marija Pavlovic relembra 31 anos depois. Nossa Senhora nos encorajou, rezou conosco e disse que deveríamos oferecer o nosso sofrimento.

A vidente Marija Pavlovic entrando na secretaria da paróquia de Medjugorje no verão de 1981, o primeiro ano das aparições.
A vidente Marija Pavlovic entrando na secretaria da paróquia de Medjugorje no verão de 1981, o primeiro ano das aparições.

As severas ameaças dos governantes comunistas da ex=Iugoslávia fizeram os videntes de Medjugorje pensarem no martírio quando a Virgem Maria começou as Suas aparições há 31 anos atrás. E os videntes estavam prontos para aceitá-lo, disse a vidente Marija Pavlovic-Lunetti para a Rádio Maria, na segunda-feira, 25 de junho de 2012, dia do 31 aniversário.

Nós pensávamos: “por quanto tempo iremos viver ? Eles podem nos matar. Mas nós estávamos prontos para sermos mártires.”  Disse a vidente Marija ao padre Lívio Fanzaga, diretor da Rádio Maria.

– Você A viu pela primeira vez em 25 de junho de 1981. Como foi quando isto aconteceu ?

“No dia anterior Ela tinha aparecido para os outros. Em 25 de junho de 1981 meus pais ainda estavam com medo poia ainda tínhamos o comunismo, e o general Tito tinha morrido apenas um ano antes. Os comunistas queriam manter o sistema funcionando”.

“Meus pais levaram a minha irmã para longe nos campos com uma desculpa para mantê-la longe. Eu estava preparando a refeição da noite. Vicka, Mirjana, Ivanka e Ivan sentiram a necessidade de voltar, mas não sabiam se Ela iria aparecer novamente. Jakov foi me ajudar e nós dissemos: “vamos também!”

Os videntes de Medjugorje em 1981
Os videntes de Medjugorje em 1981

“Ela apareceu, mas não com o Menino Jesus como antes, levantando o cobertor para nos atrair. Ela nos viu e nos chamou para subirmos e disse para celebrar o aniversário das aparições no dia 25 de junho, “, porque o seu grupo se aproximou de Mim no dia 25.”

– Então você teve uma aparição sozinho no dia 26 ?

“Isso é verdade. 26 de junho de 1981 foi um dia cheio de comoção: nós não conseguíamos dormir, nós nos perguntávamos: “porque nós ?” No meio da colina Ela apareceu novamente com uma grande cruz atrás Dela e dizendo: “Paz, Paz, Paz, entre os homens e Deus. Paz nos corações da humanidade.”

“Então Ela disse que tinha vindo com o título de A Rainha da Paz e nos disse que a verdadeira paz vem de Deus através da oração. Ela nos convida a rezar pela paz. Paz em nossos corações, em nossos países, em todo o mundo.”

– Voltando a seus pais que estavam preocupados com a sua irmã Milka, você teve um papel importante nos primeiros dias. O que os seus pais pensam, então ?

“Eles ficaram quietos, porque não se pode “brincar” com Deus. Nós somos de famílias que rezam diariamente, pelo menos as nossas avós. Tentamos viver como cristãos, assistir a Missa aos domingos.”

“Eles estavam chocados em nós sermos videntes e admirados conosco. Eles estavam preocupados, devido ao violento comunismo, mas nós estávamos fortes graças a oração. Meu pai disse: “Se Deus quer isto, Ele proverá.””

– Quando nós olhamos para os pais de Santa Bernadette de Lourdes e os videntes de Fátima, os pais batiam em seus filhos e  os chamavam de mentirosos. Por outro lado, os seus pais protegeram você, apesar das ameaças comunistas.

Cruz de madeira erguida a meio caminho colina das aparições em Medjugorje, onde a Virgem Maria apareceu para Marija Pavlovic sozinho em 26 de junho de 1981
Cruz de madeira erguida a meio caminho colina das aparições em Medjugorje, onde a Virgem Maria apareceu para Marija Pavlovic sozinho em 26 de junho de 1981

“Tanto quanto eles puderam. Uma vez os comunistas nos levaram para longe, para um asilo de loucos em Mostar em uma ambulância, dizendo que nós iríamos acabar ali também. Pensem em nossos pais naquele momento. A mãe de Ivan estava chorando e ainda tinha as mãos sujas da colheita do tabaco. O pai de Vicka estava na Alemanha.”

– O que Nossa Senhora dizia naquele tempo ?

“Ela nos encorajava, rezava conosco, e nos lembrava que nós devíamos oferecer os nossos próprios sofrimentos, como Jesus sofreu. Ele pode usar os sofrimentos para salvar as almas.” disse a vidente Marija a Radio Maria em 25 de junho de 1981.

 – Ela disse que vocês seriam capazes de resistir a tudo ?

“É verdade, e Ela nos lembrava que a nossa vida real começa na Eternidade, este tempo é passageiro.”

A Igreja de São Tiago sozinha na paisagem Medjugorje, em 1981, muito antes do começo do desenvolvimento urbano
A Igreja de São Tiago sozinha na paisagem Medjugorje, em 1981, muito antes do começo do desenvolvimento urbano

Matéria original: http://www.medjugorjetoday.tv/6108/marija-we-were-ready-to-be-martyrs/

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *