ARCEBISPO HOSER: “MEDJUGORJE SERÁ OFICIALMENTE RECONHECIDA PELA IGREJA EM BREVE”

Tempo de leitura: 2 minutos

Entrevista exclusiva com o enviado papal ao santuário mariano

 

“O culto de Medjugorje está autorizado. Não é proibido e não deve acontecer às escondidas. A minha missão consiste precisamente em analizar a situação pastoral e propor melhorias”, afirmou o monsenhor Henryk Hoser, arcebispo de Praga na Polônia, e enviado especial do Papa Francisco para a pastoral no santuário de Medjugorje na Bósnia-Herzegovina, local das supostas aparições marianas que desde 1981 atraem milhares de pessoas.

“A partir de hoje, as dioceses e outras instituições podem organizar peregrinações. Não existem mais problemas”, continuou o arcebispo em uma entrevista para o site Aleteia em sua residência situada no bairro de Varsóvia em Praga.

“Estou cheio de adimiração pelo trabalho que os franciscanos realizam ali. Com uma equipe relativamente pequena – são uma dezena – fazem um enorme trabalho de acolhimento dos peregrinos. Todos os verões é organizado um festival da juventude. Neste ano estiveram 50 mil jovens de todo o mundo, com mais de 700 sacerdotes.

As confissões são em massa. Existem uns 50 confessionários, que não sãos suficientes. São confissões muito profundas.

Isto é um fenômeno. E o que confirma a autenticidade do local é a grande quantidade de instituições de caridade que existem em volta do santuário. E ainda em uma outra dimensão: o grande esforço que é desenvolvido em nível de formação cristã. Todos os anos são organizados congressos em todos os níveis, para públicos diferentes (sacerdotes, médicos, pais, jovens, casais, etc)

O decreto da Conferência Episcopal da Iugoslávia, que antes da guerra do Bálcãs desaconselhava que os bispos de realizarem peregrinações a Medjugorje agora não é mais válido.

Existem outros casos de locais de aparição, como Kibeho na Ruanda onde o bispo diocesano concordou com o culto desde o princípio, e em seguida prosseguiu com a análise para o reconhecimento das aparições.

Hoje a devoção de Medjugorje se estende a 80 países: uma rede enorme.”

O arcebispo revelou que a Comissão de Investigação das aparições de Medjugorje, que Bento XVI tinha confiado ao Cardeal Camillo Ruini deu parecer favorável:

“Todos os videntes foram orientados em direção à vida da família. Na época em que vivemos, a família tem uma importância enorme. Todos vivem em família. Aqueles que eram adolescentes no início agora são avôs e avós: 37 anos andam rápido !”

“Mas a decisão será tomada pelo Papa. O dossiê se encontra agora no escritório da Secretaria de Estado Vaticano. Creio que em breve a decisão final será tomada” concluiu mosenhor Hoser.

Traduzido do italiano por Gabriel Paulino – fundador do Portal Medjugorje Brasil – www.medjugorjebrasil.com.br

Matéria original: https://it.aleteia.org/2017/12/07/medjugorie-culto-ufficiale-autorizzato-parla-mons-hoser/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *