Mirjana denuncia livros em Medjugorje

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

90 por cento dos livros sobre Medjugorje não apresentam a verdade, afirma a vidente Mirjana Dragicevic-Soldo, que aconselha as pessoas a não comprarem todos os livros sobre o lugar. Ela ainda lamenta e critica o uso em larga escala da televisão e a chama de uma desculpa comum das pessoas para evitarem rezar.

Mirjana em 9 de fevereiro, durante seu testemunho em Trieste, Itália. Foto: Daniel Miot, guardacon.me
Mirjana em 9 de fevereiro, durante seu testemunho em Trieste, Itália. Foto: Daniel Miot, guardacon.me

Os peregrinos em Medjugorje não devem comprar todos os livros sobre as aparições, pois a grande maioria dos livros disponíveis não estão sendo fiéis à verdade, disse a vidente de Medjugorje Mirjana Dragicevic-Soldo em uma entrevista até agora não traduzida para a revista italiana Io, Acque i Sapone em agosto de 2012:

“Eu quero dizer a vocês, como irmãos e irmãs, a não gastar dinheiro comprando todos estes livros sobre Medjugorje. Porque 90% deles não falam a verdade, pois a maioria destes escritores esteve aqui por 10 dias e, em seguida, escreve um livro”.

“Peguem o terço, peguem o livro de orações, isto é o importante e o que nos salva, e não todos estes livros nas lojas”.

Livros sobre Medjugorje são muitos - mas apenas alguns entre eles valem o dinheiro das pessoas, diz vidente Mirjana Dragicevic-Soldo
Livros sobre Medjugorje são muitos – mas apenas alguns entre eles valem o dinheiro das pessoas, diz vidente Mirjana Dragicevic-Soldo

A vidente também adverte contra a televisão, que ela encoraja as pessoas a desligar, ou ao menos ter a certeza que de ela não será um obstáculo para a oração:

“A televisão é, muitas vezes, contra a vida, contra as crianças, contra o amor, mas nós podemos desligá-la! A televisão é uma desculpa para não rezar, mas quando alguém quer rezar, ela não é sempre uma desculpa. Se você não tem uma televisão em casa, vai arrumar outra desculpa para não rezar”.

“Para mim é um pecado ter televisão em casa, é um pecado como vocês a usam, porque como pais, temos a força para determinar o que é importante para as crianças e o que não é. Nós temos que dizer que agora, nesta sala, existe a oração”.

Parte da multidão na Igreja de Santa Maria Maior, em Trieste, Itália, durante o testemunho de Mirjana lá em 9 de fevereiro. Foto: Daniel Miot, guardacon.me
Parte da multidão na Igreja de Santa Maria Maior, em Trieste, Itália, durante o testemunho de Mirjana lá em 9 de fevereiro. Foto: Daniel Miot, guardacon.me

Na entrevista, Mirjana ainda diz que as mensagens que a Virgem Maria Lhe dá durante as Suas aparições no dia 2 de cada mês são escritas imediatamente porque ela esquece as palavras exatas das mensagens longas, já no momento em que chega em sia casa:

“Para mim, estar com Nossa Senhora é como estar no Paraíso, mas não é fácil saber que amanhã você vai estar no Céu e, em seguida, isto vai acabar. É por isto que eu sempre me preparo com oração e jejum, e imediatamente após a aparição. eu somente tenho forças para passar a mensagem”.

“De fato, há sempre alguém perto de mim, com papel e caneta. As mensagens do dia 2 de cada mês são bastante longas, e é por isto que é importante passá-las imediatamente porque quando eu chego em casa, eu lembro o que Ela disse na mensagem, mas não as palavras exatas. E é importante que eu não interfira comas minhas próprias palavras no que Nossa Senhora disse”.

Matéria original:  http://www.medjugorjetoday.tv/8956/mirjana-denounces-books-on-medjugorje/

2 Comentários


  1. vamos fazer o que nossa senhora nos pede pois ela e intercessora e vem nos trazer a paz as mensagem que o vosso filho jesus nos pede para convertemo-nos olha como ela fala Reze Reze e Reze.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *