Mudança para Santuário está em provável andamento

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

A Comissão Vaticana irá sugerir ao Papa que conceda o status de santuário para a paróquia de Medjugorje, escreveu um jornal croata. O santuário poderia ser supervisionado por um representante do Vaticano, mas não será uma diocese separada, escreve o jornal enquanto atribui uma atitude aberta ao Cardeal que preside a Comissão.

A Concessão do status de santuário é uma das mais prováveis  recomendações que o Papa Bento XVI receberá da Comissão Vaticana.
A Concessão do status de santuário é uma das mais prováveis recomendações que o Papa Bento XVI receberá da Comissão Vaticana.

Medjugorje está provavelmente a caminho de um status oficial de santuário, a sugestão está entre as recomendações da atual Comissão Vaticana ao Papa Bento XVI. A Comissão apresentará o seu relatório até o final do ano.

Outra provável sugestão da Comissão seria colocar Medjugorje diretamente sob a jurisdição de Roma, com um representante do Vaticano supervisionando a vida pastoral, a emissão de relatórios regulares para o Vaticano, relata o jornal croata Slobodna Dalmacija, após a sessão final da Comissão nesta semana, sem citar as suas fontes de informação.

“Provavelmente no final deste ano, a Comissão internacional vai apresentar um relatório sobre as aparições em Medjugorje para o Vaticano, e entre as várias opções presume-se que uma decisão será tomada para declarar Medjugorje um santuário, e sugerir ao Papa Bento XVI de nomear um representante especial que terá de informar regularmente sobre a evolução da paróquia”  relata o jornal Slobodna Dalmacija antes de acrescentar:

“É ainda possível (Medjugorje) torne-se um local fora da jurisdição do bispo de Mostar.”

Bispo Ratko Peric de Mostar - de acordo com Slobodna Dalmacija a caminho de perder Medjugorje embora sua diocese permanecerá intacta.
Bispo Ratko Peric de Mostar – de acordo com Slobodna Dalmacija está a caminho de perder Medjugorje embora sua diocese permaneça intacta.

Embora esta opção tenha sido mencionada antes, ela não existe mais. De acordo com o jornal Slobodna Dalmacija, a diocese de Mostar permanecerá intacta sob a jurisdição do Bispo Ratko Peric que não acredita nas aparições:

“Algumas hipóteses têm falado sobre o estabelecimento de uma diocese especial para Medjugorje, com Bispo e sede em Trebinje, mas devido ao pequeno número de católicos neste lugar, esta opção não é mais mencionada” Slobodna Dalmacija escreve.

O jornal croata situado na cidade de Split repete que a expectativa generalizada de um julgamento final sobre a autenticidade das aparições não será emitido enquanto os videntes disserem que as aparições ainda estão acontecendo.

Slobodna Dalmacija relata que o Cardeal Camilo Ruini, de 81 anos, ex-presidente da Comissão Episcopal Italiana e presidente da Comissão Vaticana sobre Medjugorje seja tão aberto a Medjugorje quanto o Cardeal Cristoph Schonborn. O Cardeal Austríaco declarou publicamente a sua crença nas aparições e abriu a Catedral de Viena para aparições públicas dos videntes de Medjugorje Ivan Dragicevic e Marija Pavlovic-Lunetti:

“O cardeal Camillo Ruini, o Presidente da Comissão, tende a suavizar a retórica e incentivar as pessoas a ir em peregrinação a Medjugorje, da mesma forma como o Cardeal Christoph Schönborn, Arcebispo de Viena e membro da Congregação para a Doutrina da fé ” Slobodna Dalmacija escreve.

Cardeal Camillo Ruini, o presidente da Comissão do Vaticano sobre Medjugorje
Cardeal Camillo Ruini, o presidente da Comissão do Vaticano sobre Medjugorje

O jornal regional Slobodna Dalmacija ainda escreve que “a Comissão analisa vários documentos, discute a cronologia dos acontecimentos, e explora as curas de que há testemunhos gravados.”

“A paróquia de Medjugorje teve visitas anônimas por “agentes” do Vaticano com o objetivo de informar sobre o trabalho pastoral e tudo o que está acontecendo ao redor do local das aparições ” termina dizendo o Slobodna Dalmacija.

Matéria original: http://www.medjugorjetoday.tv/8348/media-shrine-status-is-likely-underway/

2 Comentários


  1. Que boa noticia!
    A Mãe Querida deve estar feliz !
    Desejo voltar pela fé a este Novo Santuário Mariano.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *