Nossa Senhora já visitava Medjugorje 33 anos antes do início das aparições

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

maravasilij1
Gabriel Paulino e Mara Vasilij em 30/04/2015 em Medjugorje.

Tivemos um encontro incrível com uma paroquiana do início das aparições em Medjugorje. A senhora Mara Vasilij deu o seu testemunho para o nosso grupo Medjugorje Brasil no dia 30/04/2016. Ela nasceu em 1933, no ano em que se iniciou a construção da cruz na montanha do Krizevac. Em 1948, 33 anos antes do início das aparições em Medjugorje, ela testemunhou dezenas de vezes uma bola de luz luminosa como o sol descer em cima da montanha do Krizevac e ir até a colina das aparições. A bola luminosa e brilhante como o sol, pois a senhora disse que quando a bola descia a montanha ficava clara como o dia. Durante o percurso entre o Krizevac e a colina das aparições, a bola formava um caminho de luz.

A senhora Mara falou com os seus familiares sobre o estranho acontecimento, mas seus familiares acharam que ela estava maluca e a mandaram para fora da cidade. Ela foi morar e trabalhar em Sarajevo, mas quando visitava Medjugorje via diversas vezes a bola luminosa descer no krizevac e parar na colina das aparições.

Em 1994, durante uma visita a seus familiares em Medjugorje, ao sair para o jardim da casa de seus pais, Nossa Senhora lhe aparece e lhe sorri. Nossa Senhora segundo nos contou Mara Vasilij, vestia uma roupa branca, tinha as mãos juntas em oração e um terço enrolado nas mãos, uma faixa azul como Nossa Senhora de Lourdes e estava com a coroa de 12 estrelas luminosas. Ela se assustou e deixou cair no chão as xícaras que estavam em suas mãos. Seus familiares, que antes não acreditavam na sua história foram até o jardim e ao chegarem perto, segundo Mara Vasilij, Nossa Senhora transformou-se naquela bola luminosa e saiu voando em direção da colina das aparições. Todos viram o caminho de luz que a bola percorreu, mas somente ela viu Nossa Senhora.

Mara Vasilij nos disse que em mais duas ocasiões sentiu a presença de Nossa Senhora. Numa delas durante uma queda onde quebrou a perna, o médico que a tratava disse que ela não andaria mais sem utilizar muletas. Poucos dias depois Nossa Senhora lhe aparece em Sarajevo e disse que ela logo estaria recuperada e andando.

Em outra ocasião, quando queria retornar a morar em Medjugorje, foi rezar na colina das aparições para saber para onde deveria ir e enquanto rezava de olhos fechados sentiu uma mão em seu ombro esquerdo e ouviu uma voz que lhe disse: “PORQUE VOCÊ NÃO VAI NA CASA DA DOMA ?? ELA ESTÁ MORANDO SOZINHA E VOCÊ PODE AJUDÁ-LA !!!” Então cinco minutos depois, Mara Vasilij pensou: “MAS COMO ESTA SENHORA SABIA O QUE EU ESTAVA PENSANDO ???” E quando abre os olhos não tinha ninguém na colina e não encontrou ninguém enquanto descia a colina… ela disse que era impossível alguém desaparecer assim tão rápido… só poderia ser Nossa Senhora…

Mara Vasilij hoje tem 83 anos. Tem 3 filhos e 7 netos.

Se você interessa em conhecer Medjugorje conosco entre em nosso site: www.medjugorjeviagens.com.br

 

 

 

1 comentário


  1. Quanto mais leio artigos sobre Medjugorje, Gabriel, todos eles marcantes, de tal forma que deslumbram e me fazem esquecer, que estou diante de uma máquina, que se chama computador! Desde os casos clínicos “perdidos”, até “histórias de vida”, como dei esse nome, no capítulo “Partilhas”, 2º livro, até mesmo depoimentos de pessoas cuja idade merece respeito na carreira religiosa, enfim, Gabriel, é mesmo um presente “não humano”! Transcende-me! E o desta senhora, Mara Vasilij é fortíssimo e mais não parece, porque já era um pré-anúncio do que ia acontecer.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *