Noticia: Novas regras em 2014

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Com a decisão final esperada para o próximo ano, a Comissão Vaticana de investigação sobre Medjugorje terá o seu próximo encontro daqui a duas semanas, afirma o maior jornal italiano. Il Messaggero confirma vazamento de informação de que não existe nenhuma evidência para condenar as aparições.

gabinetevaticano
O Palácio do Santo Ofício, o prédio que abriga a Congregação vaticana para a Doutrina da Fé, em que a Comissão Medjugorje reúne para suas sessões.

A investigação sobre Medjugorje continuará formalmente no final deste mês, quando a Comissão Vaticana irá se encontrar para a sua próxima sessão, informou o maior jornal italiano, o Il Messaggero nesta sexta-feira, dia 8 de novembro de 2013:

“A próxima reunião (…) foi agendada em duas semanas. A decisão final é esperada em 2014 ” o jornal Fine Settimana cita o jornal Il Messaggero.

As informações obtidas pelo jornal italiano estão coerentes com os vazamentos anteriores indicando que a Comissão não não se posicionará positivamente nem negativamente sobre a autenticidade das aparições, mas defenderá a posição atual da Igreja e deixará a questão em aberto, sem uma decisão final:

 

cardeal-camillo-ruine-preside-comissao-vaticana-sobre-medjugorje
Cardeal Camillo Ruini lidera a Comissão Medjugorje

“Pelos rumores, parece que não há nenhuma evidência para sugerir que as aparições são falsas, mas também nenhuma evidência para confirmá-las. Provavelmente, a Igreja não as reconhecerá oficialmente imediatamente, porque você não pode fazer isso se os fenômenos sobrenaturais estão ainda em curso “Il Messaggero escreve.

O jornal mais lido em Roma confirma a Comissão do Vaticano ter estudado os  supostos milagres e “muitos” casos de cura, além das reações políticas para as aparições, quando começaram em 1981:

“Entre os documentos estão também uma série de documentos dos serviços de inteligência da Bósnia, o que demonstra a tentativa do ex-regime comunista para desacreditar os seis videntes, e mentir sobre sua conduta e a dos frades franciscanos ligados à paróquia de Medjugorje”, relata Il Messaggero .

Matéria original: http://www.medjugorjetoday.tv/10153/media-rome-rules-on-medjugorje-in-2014/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *