Papa sobre Medjugorje: “que as pessoas se convertem, encontram Deus, mudam de vida, isso não se pode negar.”

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

papanovoo

Em Fátima, temos visto um grande testemunho da crença popular, o mesmo que também é encontrado em Medjugorje. O que você acha dessas aparições e do fervor religioso que o despertou e o senhor decidiu nomear um delegado episcopal para aspectos pastorais?

“Todas as aparições ou alegadas aparições pertencem à esfera privada, não fazem parte do magistério ordinário público. Para Medjugorje Bento XVI nomeou uma comissão presidida pelo cardeal Ruini. Eu recebi o resultado, foi composta por bons teólogos, bispos e cardeais. O relatório da comissão é muito, muito bom. Havia algumas dúvidas na Congregação para a Doutrina da Fé e da Congregação tenha julgado oportuno para enviar a cada um dos membros da Feria IV – a reunião mensal da Congregação – toda a documentação, as opiniões divergentes a relação Ruini. Recebi a notificação em um sábado, no final da noite. Não parecia certo: era como colocar “em questão” o relatório Ruini, que é muito bem feito. Domingo de manhã o Prefeito da Doutrina da Fé recebeu uma carta na qual eu perguntei a ele em vez de enviar a Feria IV essas opiniões contrárias, posso enviar para mim pessoalmente. Estas opiniões foram estudadas todas – eu quero dizer todas. O relatório afirma que ele deve distinguir as primeiras aparições, quando os videntes eram meninos e diz que você deve continuar a investigá-los. Sobre as alegadas aparições atuais, o relatório apresenta as suas dúvidas. Eu, pessoalmente, sou mais malvado, eu prefiro a Virgem Mãe não o escritório chefe telégrafo Madonna que a cada dia envia uma mensagem. E essas supostas aparições não tem muito valor: digo isto como uma opinião pessoal. Algumas pessoas pensam que Nossa Senhora diz: venha, que este dia neste momento vou dar uma mensagem para o vidente. Em seguida, o terceiro ponto, há o fato espiritual e pastoral, o ponto crucial do relacionamento: pessoas que se convertem, que se encontram com Deus, mudando de vida. E isso não é por causa de uma varinha mágica. Este fato não pode ser negado. Agora para ver isso, eu nomeei um bom bispo (Dom Hoser, ed) que tem experiência para lidar com a parte pastoral. Eventualmente, ele vai dizer algumas palavras. ”

Traduzido do italiano por Gabriel Paulino – fundador do Portal Medjugorje Brasil – www.medjugorjebrasil.com.br

Matéria original: http://medjugorjetuttiigiorni.blogspot.com.br/2017/05/il-papa-su-medjugorje-gente-che-si.html

 

 

1 comentário


  1. Nem todas mudam de vida! Disso tenho provas. Mas, a maior parte fica inserida num ambiente sobrenatural muito, muito forte. Nesta “Aparição” de 29 de Outubro ao vidente Ivan, noite, 21h 30m, eu senti um vento forte, diferente do vento que nós conhecemos, no meu rosto lado direito e um calor enorme pelo corpo (a noite estava já mto fria) e ainda uma forte taquicardia. Olhei o céu, estrelas cadentes se fizeram ver, para além de uma zona látea, nebulosa. E etc. Agora, uma pergunta levanto, defeito ou não de profissão. Se uns vêm e outros não, que resposta têm? Ou há a confiança plena (não do abuso sobrenatural), ou então nada! Por exemplo. Um professor ou um jornalista, independente de crenças, visionam algo, que até pode ser “ao vivo” e um dignatário de uma religião X não vê, vai-se por em dúvida? Evidente que não e esse julgamento a nós não nos pertence. Tenho pena de não ter este diálogo com frei Petar Ljubicic!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *