ROMEREPORTS: “MEDJUGORJE É A PARÓQUIA MAIS VISITADA DO MUNDO”

Tempo de leitura: 3 minutos

Tudo começou neste lugar, uma aldeia no coração da ex-Iugoslávia comunista, a atual zona croata da Bósnia-Herzegovina. Se chama Medjugorje. Aqui em 24 de junho de 1981, seis jovens viram pela primeira vez uma senhora que os chamava. Dizem que é belíssima, tinha “olhos azuis e os olhava com carinho”. Identifica-se como a Virgem Maria, Rainha da Paz, e traz uma mensagem de reconciliação e perdão. A partir de então, o encontro se repete todos os dias, em torno das 18:30 da tarde.

SAVERIO GAETA

Autor  de “Medjugorje: A última Profecía”

“Medjugorje se propõe a redescobrir Deus como centro do homem”

Com o passar do tempo, a maneira das aparições muda. Para alguns videntes são diárias, para outros anuais. Além disso, a Virgem revela dez segredos.

SAVERIO GAETA

Autor  de “Medjugorje: A última Profecía”

“Existem alguns segredos que, no casos de Medjugorje seja autêntica, serão revelados, diferentemente das outras aparições, três dias antes que aconteçam, para verificar se Deus tem algo a ver com estas aparições”.

Atualmente a opinião oficial da Igreja Católica é aquela que deram os bispos da ex-Iugoslávia em 1991: “Non constat de supernaturalitate”; ou seja “não foi confirmado nem negado” que sejam sobrenaturais. Por isso, não se podem organizar peregrinações oficiais. Logo o Vaticano  pediu que se desse adequada atenção aos peregrinos que chegam ali.

Para resolver esta questão, Bento XVI organizou em 2010 uma comissão de peritos presidida pelo Cardeal Camillo Ruini, que já terminou o seu trabalho.

Cardeal Camillo Ruini presidente da comissão de investigação vaticana sobre Medjugorje.

CARD. CAMILLO RUINI

10 de janeiro de 2013

“Somos uma comissão consultiva, demos a nossa opinião para a Congregação para a Doutrina da Fé, a qual se pronunciará sempre e quando considerar oportuno”.

Ao longo de três anos analisaram todo o dossiê Medjugorje, começando pela credibilidade dos videntes. Saverio Gaeta pensa que para eles teria sido mais fácil negar o acontecimento.

SAVERIO GAETA

Autor  de “Medjugorje: A última Profecía”

“O primeiro ano das aparições, os pais de algumas destas crianças trabalhavam em outros países. O governo lhes disse: “se não negaram que veem a Virgem, seu pai não poderá voltar para trabalhar na Alemanha”, o que para essa família significava passar fome”.

Salvatore Perrella, perito mariólogo e membro da comissão, não falou do caso Medjugorje, mas deu detalhe de outros fatores que se estudam para comprovar se algumas aparições são autênticas.

Salvatore Perrella, mariólogo e teólogo, membro da comissão de investigação vaticana sobre Medjugorje.

SALVATORE PERRELLA

Mariólogo

“Não pode existir contradição entre a revelação bíblica essencial, Cristo e o Evangelho, com as supostas mensagens que transmite a Virgem”.

Aparentemente o trabalho de revisão já está concluído. O Papa mencionou recentemente que o Vaticano está estudando o dossiê e que espera tomar uma decisão no curto prazo.

Mas como alguns ainda estão tendo estas supostas aparições, o mais provável é que a Igreja se pronuncie apenas sobre a sua primeira etapa.

SAVERIO GAETA

Autor  de “Medjugorje: A última Profecía”

“O que importa saber é se a Mãe de Deus veio ao menos uma vez. Diante disto, o julgamento das aparições posteriores não é tão relevante”.

O Vaticano deverá levar em conta também o alto número de conversões que acontecem em Medjugorje.

Um lugar que agora, é oficialmente só uma paróquia. Apesar disso, é a mais visitada do mundo.

Traduzido do espanhol por Gabriel Paulino – fundador do Portal Medjugorje Brasil  – www.medjugorjebrasil.com.br

Matéria original: https://rosasparalagospa.com/2015/06/19/medjugorje-las-posibles-apariciones-de-la-virgen-que-atraen-a-miles-de-personas/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *