Silêncio dos pássaros na hora da aparição em Medjugorje converte médico ateu

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Silêncio dos Pássaros em Medjugorje Assombra Médico Ateu

passarosmedjugorje

Investigando Videntes — – Converte-se ao catolicismo

09 de junho de 2016 – Stephen Ryan

 

Em Medjugorje pouco antes de Maria Santíssima a aparecer e no momento em que os videntes caíam de joelhos "Cada pássaro ficava completamente silencioso …"

O Irmão Daniel Klimek cita que o fenômeno foi vivido por um médico italiano ateu e por Digger Phelps o bem conhecido treinador de basquete de Notre Dame entre muitos outros.

O estranho silêncio dos pássaros levaria à conversão do médico ateu que tinha ido para Medjugoje para refutar as aparições. Louvado seja Jesus!…..

poderoso testemunho do irmão Daniel Klimek:

Eu amo a história do Dr. Marco Martginale, neurofisiologista italiano, grande ateu cético que passou de cidade europeia em cidade tentando refutar

fenômenos místicos; ele foi para San Giovanni Rotondo tentando refutar Padre Pio, lá ouviu falar de Medjugorje, em seguida disse que eu vou lá para refutar

esta tilice – então ele foi lá e ele ficou deslumbrado com a experiência que teve, foi com um grupo de peregrinação onde uma mulher foi miraculosamente

curada de leucemia e ele testemunhou vários fenômenos fascinantes, e o que realmente o impressionou foi o comportamentos dos pássaros. Antes da

aparição ocorrer, os pássaros, ao ar livre, estavam piando, muito alto, realmente muito alto, e no segundo em que a aparição iniciou-se, no segundo

em que os videntes caem de joelhos e tem seu êxtase, todos, todos os pássaros ficam completamente silenciosos e tal absoluto silêncio por parte dos

pássaros assombrou-o, assombrou Dr. Martginale, e poucas semanas depois de seu retorno de Medjugorje, ele se tornou católico praticante.

Amém, sim, louvados sejam Jesus e Maria!

Obrigado Irmão Daniel por seu testemunho assim de improviso, eu não vi os pássaros, sabem, quando Nossa Senhora começou a aparecer logo depois

que começamos aqui um time de basquete, em Notre Dame, Phelps era o treinador e ele esteve na Iugoslávia, numa turnê durante o verão, e eles

fizeram uma pequena viagem a Medjugorje então eles vieram até a biblioteca aqui, e deram seu testemunho, e a história que David Rivers contou sobre os

pássaros é a mesma e David não era católico, e ele disse que era impressionante, haviam todos esses pássaros lá ao ar livre, na hora em que os

videntes tinham as aparições na secretaria ao lado da paróquia, e haviam milhares de pássaros lá e assim que Nossa Senhora veio, silêncio, ficaram

quietos até quando ela se foi. Então os sinais da presença de Nossa Senhora são intensos, desde ela começou a aparecer todos esses anos, então vamos

rezar para que continuemos a receber estas graças de Nossa Senhora nestes tempos de graça, e ela não disse a Juan Diego, “Não estou eu aqui, não sou

sua mãe? ”, etc… e teremos agora um pequeno intervalo e quero lembrar que há padres aqui para a confissão, nunca tivemos tantos padres para a

reconciliação é uma boa oportunidade para se ir confessar fica na parte superior e aqueles que querem participar do Rosário Vivo, haverá um pequeno

ensaio aqui desse lado.

Video original do testemunho em inglês:

Traduzido e transcrito do inglês por Ehusson Chequer – tradutora do Portal Medjugorje Brasil – http://www.medjugorjebrasil.com.br

Matéria original:

http://www.mysticpost.com/silence-of-the-birds-at-medjugorje-haunts-atheist-doctor-investigating-visionaries-converts-to-catholicism/

 

1 comentário


  1. Eu admiro profundamente o “embate” que qualquer pessoa tenha dentro de si própria, no momento em que “descobre” que o Divino existe…Em pleno. Um grande advogado, aqui do Porto, pai da minha melhor amiga, afirmava:” Prefiro um ateu a um fariseu”…Ainda no sábado, no evento do livro, eu dizia, segura de mim mesma, que qualquer um pode ser surpreendido por algo de sublime. Isso não está em nossas mãos, porém,há um percurso, uma missão a cumprir. e vão saber. Deixe-se que cada um descubra, ali, o seu próprio horizonte…

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *