VICKA me disse: “O pior não acontecerá no Brasil”

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

VICKA: “O pior não acontecerá no Brasil”

Em junho de 1995, no 14º Aniversário das Aparições diárias da Rainha da Paz, estive dez inesquecíveis dias em Medjugorje e foram muitas graças e sinais que jamais esquecerei. Conheci juntamente com o nosso grupo dos Servos da Rainha, liderados pelo dedicado e agora sacerdote Pe. Reinaldo Pinheiro, quase todos os videntes, somente com Ivanka não conseguimos contato, pois estava em outra cidade.

Mas agora, depois de 22 anos, refletindo em silêncio na oração, eu noto que “estava sutilmente preocupado com nosso país”, embora não estivéssemos em crise, nem a ideologia marxista havia aflorado tão visivelmente. E porque eu penso isto? Porque houve dois momentos, que foram rápidos, mas suficientemente marcantes, um com Mirjana e em especial com Vicka Ivankovic.

Com Mirjana ocorreu depois de uma tradicional palestra que alguns dos videntes costumam dar aos peregrinos, ressaltando as principais mensagens de Nossa Senhora. Havia o nosso numeroso grupo brasileiro com 264 pessoas, foi o “maior grupo que trouxe a Medjugorje, mas eu não sou guia, confio todos vocês a Nossa Senhora e sei que ela cuida de todos”, sempre ressaltava o querido Reinaldo. Também tinham grupos de língua inglesa para ouvir a Mirjana no Altar Circular que fica atrás da Igreja de São Tiago. Resumindo, depois das palavras e o testemunho maravilhoso de Mirjana, ela se dirigiu para o carro, onde seu marido a esperava. Eu juntamente com outras pessoas fui atrás dela, chegou ao mesmo tempo, uma mãe aflita com a foto de um filho(a) enfermo e ela suplicava chorando para Mirjana rezar e pedir para a Gospa interceder etc…Lembro que Mirjana pegou aquela foto com calma e num misto de olhar atencioso e amoroso olhou bem para a foto, dizendo para mãe que entregaria aquele pedido na próxima aparição, despedindo a mãe que saiu com suas esperanças renovadas…Daí eu falei com Mirjana e disse para ela “pedir e rezar com a Gospa pelos brasileiros” e ela respondeu afirmativamente.

Entretanto, aquela minha “sutil preocupação com o nosso país”, sem me dar conta, persistia e aflorava, ficando nítido novamente depois do encontro com Vicka, na sua casa materna, onde ainda atendia os peregrinos. Naquela época como sabemos, ela falava da escada, o Reinaldo e o Padre Antônio (sacerdote brasileiro que trabalhava na Itália, segurava o microfone para a vidente). Vale a pena destacar, que este padre era quieto nos primeiros dias da chegada em Medjugorje, mas depois que a própria Nossa Senhora ter aparecido para ele na Capela situada ao lado da Igreja de São Tiago, onde tínhamos as Missas matinais com nosso grupo, este padre se transformou. Relatou-nos que no momento da comunhão, a Gospa apareceu-lhe e disse: “Meu filho querido porque demoraste tanto?” Depois, emocionado ele contou para todos nós que há alguns anos, depois da ordenação, atuava na Itália e tinha rejeitado muitos convites para visitar Medjugorje, ele era desconfiado sobre a veracidade das aparições. Mas recebeu mais uma prova especialíssima, sendo que a Virgem Santíssima veio ter com ele…E foi incrível a mudança do Padre Antônio, pois depois desta graça, ele queria fazer tudo, traduzir, ajudar, enfim, e no meu relato estava ali, segurando o microfone para a afável e acolhedora Vicka…

Foto: Padre Antônio traduzindo a palestra de Vicka

Retornando ao ponto, depois da palestra e das orações impondo as mãos sobre todos nós, de dois a dois, como normalmente faz sorridente e sem se cansar, eu tive um pequenino momento com a Vicka, como digo hoje, tendo aquela “sutil preocupação com nosso amado país”, e perguntei para ela sobre “a futura situação do Brasil” e ela respondeu com aquele semblante irradiando fé e amor: “O pior não acontecerá no Brasil…”  Foi uma inesperada e reveladora resposta, pois ela sabe os segredos mundiais!

Lembro que fiquei muito feliz com a resposta e depois complementei pedindo para ela, mesmo assim, “rezar pelos brasileiros e nosso grupo de peregrinos”, como tinha pedido igualmente para Mirjana, e nos despedimos, depois dela assinar seu nome numa pequena “foto dela em êxtase” que tinha adquiro em Medjugorje e no meu “crachá de identificação” do grupo Servos da Rainha. (fotos abaixo)

Penso que é importante partilhar isto com todos, porque anos depois, vendo a situação do nosso Brasil, ecoam aquelas palavras de esperança da ungida Vicka. Então, discernindo, não quer dizer, que “coisas ruins” não acontecerão em nosso país, inclusive estamos sob uma crise histórica em diversos aspectos e setores, com vasta corrupção, injustiças sociais, perseguição aos valores cristãos etc. Mas é preciso meditar sobre esta curta, mas reveladora resposta da Vicka, porque ela salienta que “o pior não acontecerá para o Brasil”, logo, olhando a situação de outros países, como os do Oriente Médio e Africanos, sofrendo com  guerras, fome, terrorismo e devastações quase que total, como nossos irmãos da Síria, por exemplo, notamos uma diferença enorme numa analogia ao Brasil. Isto sem falar nos países que sofrem catástrofes naturais ou induzidas, como tsunamis, furações, terremotos etc.

Como sabemos, mas vale relembrar que Vicka já tem conhecimento dos segredos, sendo que os quatro últimos são os piores, pois serão a nível mundial, sendo que poderíamos dizer, mais corretamente, os três últimos, porque o 7º devido as orações, jejuns e conversões foi bastante atenuado por Deus, mas os demais não serão cancelados, explicou Nossa Senhora em Medjugorje. Mas vamos renovar nossas esperanças, redobrar nossas orações, porque esta “Terra de Santa Cruz” está sob os cuidados da Mãe do Céu, a Rainha da Paz, e vamos prosseguir, carregando e oferecendo nossa cruz diária para desagravo de tantos pecados e ofensas que são cometidos cada vez mais aos Divinos Corações de Jesus e Maria.

Em Medjugorje, a Nossa Santíssima Mãe do Céu continua aparecendo diariamente desde junho de 1981, fazendo o derradeiro chamado urgente à conversão. Dentre tantas mensagens chegou a advertir em duas oportunidades: “Suplico-lhes escutem minhas mensagens e vivam-nas…O mundo está a beira de uma catástrofe (caos sem precedente) e precisa ter paz, a paz que vem de Deus…”     

Rainha da Paz intercedei por nós! (Alexandre Machado)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *