DON MARIO PIERACCI: “NOSSA SENHORA É CARTEIRA ? SIM, DE DEUS !!!”

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

“Nossa Senhora é carteira ? Sim, mas de Deus. Certas declarações criam confusão e desconcerto” afirmou Don Mario Pieracci, sacerdote e comentarista de televisão em entrevista ao jornal iraliano La Fede Quotidiana.

Ao sair de Fátima, o Papa definiu (já o tinha feito outras vezes sem citá-la) Nossa Senhora de Medjugorje como uma carteira…

“Lamento discordar, mas não concordo. Maria é co-redentora para a salvação e a quer para toda a humanidade. Nos convida sempre à conversão e à mudança de rota em um tempo no qual se faz de tudo para ir contra o Senhor, um momento histórico no qual o diabo está desacorrentado e o vemos também em tantas leis que vão contra a vida, a família e a natureza. E então, Maria faz a si mesma de carteira, mas de Deus, acrescento”.

Esta opinião informal não lhe agradou…

“Não. As entrevistas e outras declarações do Papa merecem respeito, mas não são vinculadas quando não atacam a verdade de fé. Lembro-me, que a algum tempo, o Papa pronunciou o seu famoso QUEM SOU EU PARA JULGAR OS GAYS. Então, seria belo usar isto também com relação a Nossa Senhora de Medjugorje, no mesmo tom e graça: quem sou eu para julgar Maria ? Mas eu noto que enquanto sobre alguns temas como imigração e islã, é cauteloso, misericordioso e diplomático, mas sobre Medjugorje não utiliza da mesma medida. O mesmo discurso vale para os sacerdotes que tornaram-se alvo quase fixo”.

O Papa fala de carteira, a Comissão Ruini não, o monsenhor Hoser promove. Para o senhor não existe confusão ?

“Certo, falar deste modo sobre as aparições ainda não terminadas cria confusão e desconcerto e disto não temos necessidade. Na Igreja já há tanta confusão. Pense na comunhão aos divorciados re-casados e as pastorais da família, especialmente depois da Amoris Laetitia. Tudo isto coloca em dificuldade antes de tudo a nós sacerdotes. Eu tenho a sensação de que o Papa Francisco, sobre alguns temas, principalmente quando fala de improviso, não deixa claro os seus pensamentos. Provavelmente por causa de sua origem da América Latina, onde talvez as palavras tenham um significado diferente. Penso que sobre assuntos assim tão sensíveis seria melhor ter mais cautela. Quando um sacerdote de uma cidadezinha fala tem um certo valor, mas se o Papa afirma algo, a repercussão é enorme. Se ele está convencido de que Medjugorje é falsa, que diga claramente, faça um documento escrito e nós, como bons católicos obedeceremos, pelo menos terminará esta incerteza”.

O senhor esteve recentemente em Medjugorje.

“Sim, eu vou frequentemente e confesso: os frutos pastorais são bons e isto o Papa reconheceu. A árvore é julgada pelos seus frutos. Em Medjugorje existem tantas conversões, tantas pessoas se confessam e vão à missa enquanto nas nossas paróquias os confessionários estão frequentemente vazios, em Medjugorje se faz Adoração Eucarística, é algo a se apreciar”.

Traduzido do italiano por Gabriel Paulino – fundador do Portal Medjugorje Brasil – www.medjugorjebrasil.com.br

Matéria original: http://www.lafedequotidiana.it/don-mario-pieracci-la-madonna-postina-si-dio/?utm_source=dlvr.it&utm_medium=facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *