Entrevista exclusiva com Mons. Hoser: “Nada é luxuoso em Medjugorje !!!”

Compartilhe!

Tempo de leitura: 5 minutos

Matéria original: https://dnevnik.hr/vijesti/hrvatska/monsinjor-henryk-hoser-o-poslu-koji-obavlja-u-medjugorju-i-ukazanjima-u-tom-mjestu—595016.html

O visitador apostólico de Medjugorje, monsenhor Henryk Hoser, em uma entrevista exclusiva ao canal Dnevnik Nova TV, revelou o que já fez até agora em Medjugorje, o que pensa sobre as aparições e aos negócios associados a esta pequena cidade da Herzegovina. O visitador apostólico de Medjugorje, monsenhor Henryk Hoser, deixou a sua primeira entrevista televisiva para a mídia croata na Dnevnik Nova TV. Durante a entrevista, falou do trabalho que está desenvolvendo nesta cidade de Medjugorje, bem como o status de Medjugorje, necessário por causa da chegada dos peregrinos.

O que o senhor fez precisamente em Medjugorje até o momento e o que mais fará ?

Trabalho aqui segundo um mandato conferido a mim pelo Santo Padre sobre a extensão e desenvolvimento pastoral, que é agora a coisa mais importante, isto é, receber os fiéis de todo o mundo, os peregrinos que falam linguas diferentes. E ao final fornecer um serviço litúrgico a fim de tornar frutuosa e rica a permanência aqui em Medjugorje.

O senhor está apresentando um relatório especial ao Papa Francisco, o que diz o seu relatório, o senhor está satisfeito ?

Estou cm constante contato com o Secretário de Estado que representa o ofício e serviço mais importante da Santa Sé, e naturalmente o Secretário de Estado transmite todas as notícias ao Santo Padre. O mandato que tenho cobre também elementos adicionais, como a identificação das comunidades existentes em Medjugorje, ou as identidades canônicas, eclesiásticas e civis que devem ser esclarecidas e subsequentemente emitido um decreto sobre suas identidades.

O senhor controla também as finanças da paróquia ? Pelo que me recordo, existiam também objeções sobre esta parte.

Sim, obviamente meu mandato também diz respeito a um desenvolvimento de uma auditoria financeira para verificar o equilíbrio financeiro e se a paróqua está em condições de cobrir todas as despesas necessárias e manter todos os serviços e infraestrutura material existente.

O fenômeno Medjugorje é ligado às aparições. O senhor crê nas aparições ?

A validação destas aparições e das mensagens que são publicadas são tratadas pela segunda instância da Santa Sé, e eu não me ocupo deste aspecto. Por consequência, tudo o que posso fazer é ver se os presumidos videntes estão integrados na vida da Igreja, se recebem uma ajuda adequada e se sentem bem aqui.

Os peregrinos vêm para a oração e para as aparições com os videntes mesmo sabendo que estas aparições não foram ainda reconhecidas. Como o senhor vê isto ?

Não podemos impedi-los, porque são pessoas que vem espontâneaente. E as aparições que se desenvolvem aqui não acontecem em locais ou no espaço pertencentes à paróquia. Direi que é uma dinâmica social e não surpreende que eu seja atraído por algo de extraordinário.

Muitos tem criticado os negócios que se desenvolvem em Medjugorje depois das aparições, é aceitável para o senhor e como é agora ?

Isso é necessário porque os peregrinos vem e devem ficar, comer, descansar em algum lugar, portanto é obrigação daqueles que organizam a vida social aqui no que tange as permissões para construções de hotéis e apartamentos. Os restaurantes devem estar abertos também em consideração ao crescente número de peregrinos. Existem também negócios que vendem artigos religiosos. Noto alguma semelhança com Lourdes na frança, que é a terceira maior cidade da frança depois de Paris e Nice. Nós somos agora a terceira cidade em número de hotéis na Bósnia-Herzegovina. Mas esta dimensão crescente deve ser levada em consideração.

Mas os responsáveis e donos destas estruturas devem ganhar para viver. Se diz que alguns dos videntes estão envolvidos em negócios, para o senhor está bem ?

Não tenho familiaridade com os detalhes dos problemas dos videntes, mas em geral posso dizer que todos formaram famílias, portanto devem viver de algo e vivem do serviço que fornecem aos peregrinos. Se é luxuoso ou não, não digo que é um serviço luxuoso. Nada é luxuoso em Medjugorje.

Existem indicações sobre quando será decidido o status de Medjugorje e o que impede o Papa e o Vaticano de exprimir finalmente as próprias opiniões sobre as aparições ?

Pelo que diz respeito o desenvolvimento de Medjugorje como local de peregrinação, existem três elementos importantes para mencionar: a nomeação de um visitador apostólico é o primeiro, o segundo é o anúncio da Santa Sé que permite as peregrinações e grupos de peregrinos que organizem paróquias e dioceses e terceiro, uma permissão para todos os bispos, arcebispos e cardeais de todo o mundo para fazer celebrações.

E finalmente, o que o Papa disse ao senhor da última vez que falou com ele ?

Não o vi o Papa ultimamente, mas recebo algumas linhas gerais que controlo com o secretário de estado, o Cardeal Parolin, e posso dizer que é o porta-voz do Papa.

SE VOCÊ DESEJA IR CONOSCO A MEDJUGORJE E TAMBÉM CONHECER LOURDES, LISIEUX E PARIS EM ABRIL/2020 LIGUE OU MANDE WHATSAPP PARA (85)98187-6888

SE DESEJA SABER MAIS SOBRE MEDJUGORJE E AS APARIÇÕES DE NOSSA SENHORA OU ADQUIRIR ALGUM PRODUTO DE MEDJUGORJE ENTRE EM NOSSA LOJA VIRTUAL CLICANDO NO LINK ABAIXO:

QUERO ADQUIRIR PRODUTOS DE MEDJUGORJE !!!

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *