Frei Julijan Madžar: “Medjugorje mudou a minha vida”

Tempo de leitura: 3 minutos

Compartilhe com seus amigos!

Matéria original: http://www.medjugorje.hr/it/attualita/fra-julijan-madzar-sacerdote-novello-%E2%80%9Cla-serenit%C3%A0-e-la-sicurezza-ricevute-a-medjugorje-continuano-a-sostenermi-e-a-guidarmi%E2%80%9D,8550.html

Em Kiseljak, depois de 42 anos, será novamente celebrada uma primeira missa. Quem celebrará será frei Julijan Madžar, um sacerdote da província franciscana de Bosna Srebrena, que atualmente desenvolve o seu ministério em Ovčarevo.

Durante um programa na rádio MIR de Medjugorje, frei Julijan falou de seu caminho ao sacerdócio, cheio de dúvidas e provas, e como Medjugorje o ajudou em seu propósito de seguir a vocação ao sacerdócio. Para ele, como mesmo falou, foi este o grande milagre de Medjugorje.

Frei Julijan testemunhou: “Ao final do quinto ano de universidade, dentro de mim se manifestavam dúvidas e insegurança. Me perguntava o que deveria fazer e se o meu caminho era de verdade o do sacerdócio. Com tais incertezas, pedi a província franciscana um período para pensar, que me foi concedido. Durante o período sentia que estava procurando alguma coisa que não sabia o que era. Naquele tempo o pároco de Brestovsko era frei Damir Pavić. Ele me recomendou ir até Medjugorje, onde já tinha ido antes em um sábado. De fato, eu já tinha ido com amigos. Naquele dia chovia muito e não podíamos subir a colina das aparições.

“Então desta segunda vez, subi, pedindo a Deus que me desse um sinal e me fizesse compreender o que deveria fazer. Rezava por mim, pela minha família, pela Província e refletia. Então chegamos em cima da colona, onde estavam outras pessoas. Quando os outros se foram, permaneci sozinho, com duas amigas. Era como se tudo sobre a terra tivesse parado e o Céu estivesse aberto. Então senti algo parecido com um calor, e para mim foi um sinal. Depois voltei para casa”.

“Participava de um seminário guiado por frei Ljubo Kurtović na “Domus Pacis”. Não sei descrever aqueles cinco dias, não existem palavras para explicar o que vivi naqueles exercícios espirituais. Ali, pela primeira vez em minha vida, me abri, percebi a proximidade de Deus e sabia o que devia fazer na vida. Um dia subimos a colina das aparições e pedi a Nossa Senhora para me ajudar. Naquele período, de fato, vieram a mim algumas dúvidas sobre Medjugorje, que criaram confusão dentro de mim.

Em pé diante da estátua, disse: “Preciso de ajuda, Minha Senhora ! Desejo ter paz e reencontrar-me comigo mesmo”. Enquanto descia a colina, era como se tivesse aberto um mundo, e as correntes e os problemas que me prendiam fossem explodidos. Tudo tinha simplesmente desaparecido.

Ao voltar para casa, todos me diziam que eu estava diferente. Eu respondi que não era eu a causa daquela mudança e que, para mim, foi o maior milagre de Medjugorje. A serenidade e a segurança que eu recebi então continuam a me sustentar e a me guiar. Com a ajuda de Deus, continuarei a exercer a minha missão. Agora me comprometi a organizar peregrinações a Medjugorje na minha paróquia.

Acredito que, se me ajudou, vir aqui ajudará a todos.

Agradecemos a Deus por Medjugorje existir !”

Se você deseja adquirir um terço vindo de Medjugorje e abençoado por Nossa Senhora em suas aparições não perca tempo !! CLIQUE AQUI !!

 

Compartilhe com seus amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *