Giuseppina Russo: “A peregrinação a Medjugorje foi o maior presente que eu recebi na vida”

Compartilhe!

Tempo de leitura: 1 minuto

Giuseppina Russo, vinda da Sicília, é operadora de agência de peregrinações nos santuários marianos do mundo. Em várias viagens visitou todos os santuário marianos da Europa, mas nunca teve a oportunidade de ir em peregrinação a Medjugorje. Também porque diziam que Medjugorje não era reconhecida. Mesmo assim tinha um grande desejo de vir aqui. Ela notou que não sabia nada sobre Medjugorje, nem mesmo se ela ficava na Europa. No ano passado veio a Medjugorje pela primeira vez e permaneceu 15 dias.

Ela disse que a peregrinação a Medjugorje foi o maior presente que recebeu na vida. Chegando diante do altar externo da paróquia e vendo a estátua de Nossa Senhora com as mãos estendidas para o altar em direção ao altar, sentiu-se como se estivesse no Paraíso. Aquilo que mais a impressionou é a fé do nosso povo e o fato que os princípios cristãos são partes da vida de cada dia. Nesta ocasião nos relembrou um episõdio acontecido entre a igreja [de Medjugorje] e o hotel. Estava caminhando pela estrada e ouviu os sinos do hotel batendo. Os trabalhadores que estavam trabalhando em um edifício, próximo de onde estava passando, pararam e fizeram o sinal da cruz, para saudar Nossa Senhora: “Isto me tocou profundamente. Nunca vi isso em nenhum outro lugar do mundo. Estou convencida que aqui, nesta terra [Medjugorje], está presente o Amor de Deus.”

Matéria original: https://medjugorjetuttiigiorni.blogspot.com.br/2014/03/il-pellegrinaggio-medjugorje-e-il-dono.html?m=1

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *