Jovem deficiente foi curado em Medjugorje

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Compartilhe com seus amigos!

Durante três anos, Andrea de Luca Síndrome de Perthes, confinado a uma cadeira de rodas pois sua cabeça femural e quadril estavam desintegrando-se. Durante a missa em Medjugorje, ele sentiu um forte calor, e em seu retorno, ele ouviu uma voz dizer-lhe para andar. Médicos especialistas confirmam uma cura que não podem explicar.

Andrea de Luca
Andrea de Luca em Medjugorje nesta primavera (2014)

Dor insuportável e uma vida paralisado em uma cadeira de rodas estão entre as conseqüências da Síndrome de Perthes, uma doença rara que leva a cabeça do fêmur e quadril a desintegrarem-se. Aos 21 anos, Andrea de Luca de Castellammare di Stabia, Itália, viveu esta situação por três anos, até que foi curado em Medjugorje. Os médicos que o tratavam, Dr. Anastasio Tricarico, professor de ortopedia e traumatologia da Universidade de Nápoles, e Dr. Pasquale Guida, especialista em ortopedia de Nápoles, testemunharam a cura inexplicável de Andrea de Luca. No novo livro do autor / jornalista italiano, Paolo Brosio, “Ray of Light”, eles apresentm os raios X antes e depois mostrando a restauração de ossos que haviam sido quebrados e faltantes.

“Um dia, um rapaz me cumprimentou:” Olá professor”, enquanto ele estava andando de bicicleta. Eu não podia acreditar que era Andrea, cuja doença eu tinha seguido por três anos “, disse o Dr. Pasquale Guida à emissora de TV italiana RAI.

Em setembro de 2009 Andrea de Luca e seus pais foram a Medjugorje. Era a última esperança que tinham de uma cura. O primeiro sinal veio uma noite que ele tinha ido para o jardim do lugar que eles estavam vivendo.

“Eu não conseguia dormir. Eu fui para o quintal, fiz o sinal da cruz e comecei a rezar. Em seguida, a cabeça da estátua de Nossa Senhora iluminou. Apesar de ter sido uma bela luz, que você não pode descrever, eu fiquei com medo e voltei para dentro. Eu convidei meus pais para vir e ver. Quando eles chegaram, dois feixes de luz sairam da estátua, uma do coração, o outro a partir da perna”, Andrea de Luca diz ao jornal diário croata “24 sata”.

imagemiluminou

“Então, um dia, uma freira me disse: ‘Fale com Jesus. Converse. Diga a ele para tirar a sua doença.” No dia seguinte, fui à missa e rezei pela primeira vez sozinho. Eu senti um calor em minhas costas”, diz De Luca, 16 anos de idade na época.

Por causa do medo, ele não dispensava suas muletas. Só o fez quando voltou para a Itália.

“Quando voltamos para casa, eu esperei com minhas muletas, a fim de sair do ônibus.

Em seguida, três vezes, ouvi uma voz no meu coração dizendo: ‘Tu és o MEU Apóstolo. Caminhe e use a MINHA luz ‘. A partir desse momento cessou a grande dor que eu sentia havia três anos “, diz Andrea de Luca.

Ele ficou em silêncio em público há quase cinco anos, antes de começar a contar o que tinha acontecido com ele.

“Eu não queria falar sobre isso. Eu era uma criança. Agora eu sou um adulto, e os médicos confirmaram que um milagre aconteceu no meu caso “, diz.

Matéria original: http://www.medjugorjetoday.tv/10424/crippled-young-man-cured-in-medjugorje/

Compartilhe com seus amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *