NOSSA SENHORA ME DISSE: “VENHA ATÉ MIM PORQUE ESTOU ESPERANDO SÓ VOCÊ”

Tempo de leitura: 7 minutos

Compartilhe com seus amigos!
Vocês estão entre aqueles que dizem: “invejo a sua fé: eu não consigo crer”.
Mas vocês sabem realmente o que é a fé ? Vocês são daqueles que não querem ouvir falar de Medjugorje ?
A fé no entanto é a capacidade de crer e de confiar, que as pessoas tem em maior ou menor número.
Falando de Medjugorje se abre um imenso debate entre os que acreditam e os que não. Eu pessoalmente acredito. Porque acredito ? Se ouve de maneira tangível a presença de Nossa Senhora como uma pessoa viva que se faz presente. Mas hoje não queremos falar de mim mas de Jessica Zaccariello, uma garota de 23 anos, conhecida por acaso no facebook onde vi a sua postagem na qual narrava o seu testemunho. Como ela disse, é o Dedo de Deus.
Jessica Zaccariello disse aos seus amigos do facebook:
Seja louvado Jesus Cristo. Sou Jessica Zaccariello, uma garota normal, muito séria, sincera, doce, corajosa, simples e cheia de vitalidade. Nasci em 4/12/199 em Nápoles prematura, de 6 meses e meio. Sofro de Emiparesi, uma doença causada por erro médico, vivo em Casa Del Príncipe na província de Caserta-Itália, sou formada em Ragioneria e estou a procura de novas ambições sociais e pessoais.
Desde pequena lutei com coragem nos momentos difíceis de minha vida e somente a 11 anos descobri ter uma forte paixão pela escrita, e assim nasce o meu primeiro livro de poesias intitulado “entre o sonho e a realidade; vivo as emoções da minha idade”, no qual conto todas as minhas dores, meus valores, paixões, amizades e amores, que infelizmente não consegui publicar.
Sempre acreditei, mas não como agora. A data em que tudo mudou foi 24 de dezembro de 2010, onde através do facebook conheci minha amiga que mora em Pescara-itália, em um período difícil da minha vida, e a partir dai o nosso relacionamento ficou mais intenso, nos falando por telefone todos os dias, até que um dia me chamou para ir até Roma com ela em um encontro da comunidade “Novo Horizonte” que é uma comunidade fundada por Chiara Almirante, que nos acolhe com muita serenidade; muitos jovens de rua e até mesmo cantores famosos. Eu aceitei, mas tinha a sensação de que aquele dia não nos encontraríamos, mas minha amiga, depois de uma semana, me chama novamente dizendo que não devíamos ir porque os organizadores tiveram um imprevisto.
Alguns dias depois, minha amiga me chama e me diz que em 23 de março de 2011 deveria ir com seus pais até Medjugorje, me chamando para ir com ela, e eu digo que não tenho dinheiro, que era muito longe. Mas minha amiga insistia, e então lhe disse qe não tinha falado com a minha mãe, mas que já sabia a sua resposta: ela me diria que não. Eu nem falo com minha mãe, e ela me diz não, que eu sou maluca, que não temos dinheiro e então eu chamo a minha amiga Rossella e explico a situação e ao final ela vai falar com minha mãe e a convence de me dizer sim.
Jessica Zaccariello aobe a montanha do Krizevac em Medjugorje

Quase não acreditava em meus olhos porque finalmente o nosso encontro estaria se realizando andando juntas em um lugar santo, assim organizando esta viagem e muitos dias antes da partida, às 6 da manhã, ouço a voz da Rainha da Paz que me dizia: “VENHA ATÉ MIM PORQUE ESTOU ESPERANDO SÓ VOCÊ”

Até quando não chegava o grande dia da partida quando o meu pai, meu amigo e meu tio me acompanhariam a mim e a minha mãe até o porto de Pescara onde era o ponto de encontro para partir até Medjugorje, assim finalmente eu e minha amiga nos abraçamos e subimos no ônibus para chegar a Medjugorje eu, minha mãe, minha amiga Rossella e os outros membros do grupo.

Fomos ver a imagem de Jesus Ressuscitado e chegou a minha conversão do coração, com um choro libertador, que assustou a todos. 

Em 24 de março de 2011, na noite seguinte, estávamos fazendo a Via Sacra com o sacerdote, eu tremia de frio e me virando para o lado esquerdo, olho para o céu e vejo uma cruz branca, a qual permaneço com o olhar fixo por cerca de 10 minutos e minha mãe estava assustada e me perguntou: o que você estava olhando ? E eu respondi: “a cruz branca”. Na segunda noite, acontece comigo a mesma coisa em frente da Igreja de São Tiago, enquanto estava rezando como nos dias anteriores, Minha mãe dizia ao grupo que eu estava tendo: “visões de uma cruz branca”.

Jessica Zaccariello colhe as lágrimos que escorrem da estátua do Cristo Ressuscitado em Medjugorje

Choro de felicidade, estava em choque, não acreditava nos meus olhos, que a Rainha da Paz tivesse me dado este dom imenso, me concedendo também o dom de sentir alguns perfumes como os de:

Lavanda que para mim siginficava HARMONIA

Incenso que para mim significava CONVITE À ORAÇÃO

Rosa que para mim significava A PRESENÇA DE PADRE PIO

Retornando para casa, meu pai se assusta dizendo que não era normal, porque ele não acreditava que o Paraíso me tivesse dado tudo aquilo pois sempre foi cético sobre estas coisas.

Tive visões por 7 meses, e sentia os perfumes a todo momento e depois de 7 meses a amizade entre mim e a minha amiga Rossella começa a dissolver-se por causa de nossos problemas pessoais.

Em setembro de 2012 me inscrevo na universidade de letras, entusiasmada por estas coisas, e em outubro começo a frequentar o curso, estudando das 9 da manhã até as 21 horas e em novembro fiz os exames de história moderna, mas não consegui passar. Comecei a estudar ainda mais para refazer o exame mas no dia 20 de janeiro de 2012 vou a um encontro da comunidade “Corações Puros” em Deliceto-Itália na província de Foggia, no convento da Consolação na Comunidade Oásis da Paz, onde tive a honra de conhecer Ania Goledzinowska que é a fundadora da comunidade que nasceu em 2011, no 30 aniversário das aparições de Maria em Medjugorje que incentiva a castidade matrimonial a todos os jovens e casais, que desejam respeitar a si mesmos e aos seus corpos.

Durante a celebração da Santa Missa neste encontro, ouço uma voz que me diz: “DEIXA TUDO E VENHA AQUI COMIGO PORQUE EU PENSO EM VOCÊ” Eu estava feliz mas depressiva por estes problemas familiares e pelos estudos, volto para casa e sem dizer nada a dizer nada a ninguém, falo com o responsável na universidade e lhe digo que não quero mais ir lá, então em junho renuncio aos estudos e e em 31 de junho de 2013 vou com minha família e um grupo da comunidade “corações puros” até Medjugorje onde estava acontecendo o festival de jovens. Para mim foi uma semana cheia de emoções e poir isso agradeço a todos aqueles que conheci pessoalmente e que me acompanharam nesta maravilhosa e grande experiência.

Em 2 de agosto de 2013 quando estava na aparição de Nossa Senhora para Mirjana tive uma emoção muito forte.

No último dia com emoção foi o dia de minha promessa de castidade em 4 de agosto de 2013 na montanha do Krizevac.

Meu relacionamento com a Oração é muito íntimo porque falo com Deus no Paraíso.

Medjugorje foi uma jornada que me enriqueceu profundamente. É o meu paraíso terrestre.

 

 Traduzido do italiano por Gabriel Paulino – fundador do Portal Medjugorje Brasil – www.medjugorjebrasil.com.br
Compartilhe com seus amigos!

2 Comentários


  1. Uma pergunta, será que para se ter uma experiência com Maria Ten/se que necessariamente ir a Medjugorje? E quem não tem condições de qualquer natureza de ir? É uma viagem longa e cara! Será que só os terços vendidos de lá é que fazem milagres?? Será que esses lencinhos “milagrosos” são milagrosos mesmo, ou só uma agua de chuva que se acumula no interior da estátua é que acha seu caminho em algum orifício ?

    Responder

  2. Medjugorje não é somente um lugar… é uma experiência… Os judeus perguntavam: “pode vir algo bom da Galiléia ???” e o discípulo respondeu: “vem e veja !” As pessoas iam ao encontro de Jesus… como Mateus e Maria Madalena… não ficavam esperando ele vir… Medjugorje não é para oe endinheirados… muito pelo cnntrário !!! já levei dezenas de pessoas sem nenhum centavo… receberam a graça da mesma forma das outras… Medjugorje era um vilarejo pobre de pessoas simples e humildes… e continua recebendo pessoas de todas as condições sociais e de todos os bolsos… paz e bem !

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *