“Satanás é espancado impiedosamente pelo que acontece em Medjugorje”

Compartilhe!

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Católico Ultra Ortodoxo comenta sobre Medjugorje:

“Satanás é espancado impiedosamente pelo que acontece em Medjugorje”.

 Publicado em 23 de maio de 2016 por Stephen Ryan

Satanás não ganha nada com o que se passa lá; diariamente ele é espancado impiedosamente pelo que acontece em Medjugorje. Deixe-me dar-lhe um vislumbre disso através da partilha de algumas das coisas que eu vi: 40.000 pessoas se reuniram em tal silêncio orante reverente perante a Santa Eucaristia que um transeunte distraído poderia ter tropeçado em cima deles.

Por Daniel O’Conner

 

danoconner2
Daniel O’Conner

Eu voltei recentemente de uma viagem a Medjugorje. Eu sei que entre bons, ortodoxos, devotos católicos existem diferentes opiniões sobre este lugar, então eu quero deixar a vocês minhas próprias ideias sobre isto.

Seja o  que você decidir, não vamos permitir que qualquer divisão possa ocorrer a partir disto; temos muito em comum uns com os outros; coisas que nós compartilhamos com tão poucos no mundo de hoje!

Em primeiro lugar devo abordar porque eu fui lá; não era o meu plano. Eu, vagamente pretendia ir, eventualmente, mas só  depois de Roma,  Terra Santa, e Irlanda. Deus fez esta viagem acontecer. Primeiro eu fui inspirado por um dos padres mais ortodoxos, santos, zelosos, ardentes que já conheci, a olhar mais de perto alguns domingos atrás.

No dia seguinte eu simplesmente digitei “Medjugorje, Peregrinação” no Google, não esperando nada. Eis que o primeiro resultado me dirigiu a uma que sairia  em poucos dias que perfeitamente preenchiam a quantidade de tempo que me restava até o meu novo trabalho começar. Ainda certo de que nada iria acontecer (já que essas coisas são organizadas com antecedência de meses) eu preenchi um formulário on-line que surpreendentemente me deu uma resposta em poucos minutos. Ele achava que eu estava olhando para reservar peregrinação do próximo ano, e quando eu informei de outra forma, ele me disse que, apesar de este ser o último minuto possível, eu chegaria lá, se Jesus e Maria me quisessem lá. Logo depois ele respondeu dizendo que era um milagre, mas havia uma vaga deixada em todos os voos e um quarto vazio na pousada. Meu período correspondia ao “Festival da Juventude”, de longe o momento mais cheio do ano em Medjugorje (eu ouvi o meu guia falando lá como era impossível que havia um lugar para mim).

Espantado eu comecei a procurar meu passaporte; incapaz de encontrá-lo em qualquer lugar por horas,  eu finalmente disse ” Meu Deus, se você me quer nesta viagem, ilumine a minha mente para eu localizar meu passaporte. Se você não quer que eu vá, não deixe-me encontrá-lo a tempo ” Ele estava no  próximo lugar que eu olhei. Você pode ver que para mim a renunciar a esta viagem teria sido um abandono da vontade de Deus.

A maior parte do tempo que eu soube sobre Medjugorje sempre estive intensamente contra. Quando eu ouvi pela primeira vez sobre isso, eu estava mexendo em site cismático ultra-tradicionalista  “católico” (má ideia) e eles simplesmente mentiam e falsamente citaram Maria em Medjugorje tendo dito que “todas as religiões são iguais”.

Ela nunca disse ou sugeriu isto, mas eu nunca me preocupei em olhar mais. Para saber o que ela realmente disse, vá até: http://www.medjugorje.org/faq.htm#no20.  Além disso, o meu desagrado para com Medjugorje era mantido pelo meu desgosto pelo que eu considerava mensagens “chatas”. Este foi um enorme problema para mim até muito recentemente, quando de repente me bateu. Claro, em comparação com grande parte da Bíblia e de outras fontes, estas mensagens às vezes podem ser relativamente brandas.

Mas eu não estava considerando a audiência. Estas mensagens são tudo menos chatas para o típico católico morno / não praticante ou da nova era ou humanista secular que se destinam a converter. Para mim, não é nada novo  ouvir “Vocês não sabem que não podem ser felizes sem meu Filho” de Maria. Mas isso é de fazer a terra tremer para um católico negligente ou da nova era que busca a felicidade em todos os lugares menos em Cristo.

Tendo passado disto, eu vi que existem basicamente três descrições possíveis de Medjugorje: como sendo do céu, do inferno, ou uma fraude.

Vou dizer-lhe porque não é do inferno. Satanás não ganha nada com o que se passa lá; diariamente ele é espancado impiedosamente pelo que acontece em Medjugorje. Deixe-me dar-lhe um vislumbre disso através da partilha de algumas das coisas que eu vi: 40.000 pessoas se reuniram em tal silêncio orante reverentes perante a Santa Eucaristia que um transeunte distraído poderia ter tropeçado nelas.  As homilias condenando grandes males como a homossexualidade, aborto e promiscuidade. Um padre anunciando à congregação de 40.000 pessoas antes da comunhão “A Sagrada Comunhão é recebida na língua!” As meditações da Adoração incitando as pessoas a rejeitar quaisquer novos métodos de nova era com que se comprometeram; reiki, ioga, meditação transcendental, leitura da mão, etc. Um sentido da penitência que eu nunca vi em nenhum outro lugar no mundo; ajoelhar-se é esperado em todos os lugares, mas almofadas e travesseiros não são vistos (apenas pisos de mármore, pedras, terra, cascalho, calçada e grama), as pessoas de todas as idades e condições físicas  escalam encostas rochosas irregulares (muitas vezes com os pés descalços) para rezar na frente de um crucifixo e uma estátua de Maria, e encontros de oração, mesmo tarde da noite ou sob o escaldante sol do meio dia. Filas enormes para confissões com dezenas de sacerdotes reunidos em qualquer horário para ouvi-los.

Sinais próximos às fontes de Água Benta proíbem vestimentas sem modéstia e apontam a condenação do aborto e do divórcio por parte de Maria em suas aparições. A visão e o som de rosários sendo rezados em mais línguas do que eu jamais poderia nomear onde quer que eu topava com um grupo de pessoas; nos caminhos, nas colinas e montanhas, nas igrejas e capelas. E todos nós sabemos sobre o dilúvio de conversões milagrosas provenientes de Medjugorje.

Muitos ainda vão argumentar que, apesar de produzir coisas boas, e não ser satânica, é pelo menos fraudulenta. Por favor, considere o que seria necessário para manter este tipo de fraude. Seis crianças católicas (um de apenas 10 anos de idade) tiveram de concordar ou serem convencidas a fabricar uma enorme mentira e manter essa mentira perfeitamente, sem qualquer negação, por trinta anos. Treinamento psicológico perito superando de longe qualquer coisa de agentes da CIA sendo realizado sobre estas crianças antes de 1981, para prepará-los para 30 anos de proclamação ousada de  uma mentira sem nenhum indício de desonestidade.  Mensagens habilmente trabalhadas,  memorizadas antes de cada aparição de modo que, apesar de um fluxo constante delas por 30 anos, nada tem merecido a condenação da Igreja,  de qualquer erro que poderia ter sido feito ao longo dessas décadas (e ainda aparições nunca são  aprovadas até deixarem de acontecer). Uma capacidade de atuação nunca vista entre as maiores de Hollywood para falsificar as aparições e habilidades enganosas superando as de Houdini para confundir todos os testes científicos realizados sobre eles. Um grau de coragem enganosa verdadeiramente digna dos livros de história, que lhes permitem dar palestras e mais palestras, entrevista após entrevista e dizer coisas que eles nunca viram e ouviram; ou uma astúcia impossível para criar consistência perfeita fundada sobre uma mentira (lembre-se que Lincoln disse: “nenhum homem tem uma memória boa o suficiente para ser um mentiroso bem sucedido”). Dopar  hordas de homens e mulheres santas que simplesmente não podem ser tão facilmente enganados (especialmente  São João Paulo II e Beata Teresa de Calcutá). Juntando tudo  faria “Missão Impossível”  parecer um  passeio no parque.

Mas a minha conclusão não foi alcançada meramente através de um processo de eliminação. Há uma abundância de evidências diretas de que as aparições são do Céu. Milagres multiplicam-se em Medjugorje. Eu mesmo, embora não pregasse isso com 100% de certeza, vi o milagre do sol em duas ocasiões. Várias semanas antes, quando Medjugorje estava tão longe da minha mente como poderia estar, eu me lembro de estar dirigindo e parando em uma estranha vista que eu nunca tinha visto antes: duas manchas solitárias de arco-íris em ambos os lados do sol.

As manchas estavam muito claras e não tinha havido chuva e era pouca cobertura de nuvens. Eu me perguntava o que estava acontecendo, e mesmo ponderei se poderia ser algo milagroso. Mas, pouco depois, eu esqueci sobre isso até Medjugorje. Eu estava falando com uma mulher muito experiente e santa que me disse que muitos que vemos milagre do sol, às vezes, depois, de volta para casa, vemos um sinal no céu de duas manchas de arco-íris que aparece sem causa em ambos os lados do sol; precisamente o que eu vi.

Maria deu-me o dom trocar a ordem habitual destes eventos! Agora, eu não poderia dizer a mim mesmo, como eu teria dito antes ” talvez eu só vi isso porque eu estava olhando para ele.” Eu também vi um grande brilho nas nuvens, tarde da noite, enquanto eu estava sentado e rezando no monte das aparições. Estava indo em círculos e minha primeira reação foi “ah é um holofote”, já que às vezes vejo que aqui nos EUA. Repensando isso, eu percebi que não havia absolutamente nenhum feixe levando até este brilho, nem fonte de luz no chão, e o raio do caminho circular que estava seguindo era demasiado pequeno para um holofote estar causando isso; a mecânica seria impossível. E também, claramente, não tinha nada a ver com qualquer  objeto voador feito por mão humana.

Eu também acredito que a ordem e a paz mantidas eram por si milagrosas; os eventos que assisti atraiam dezenas de milhares de jovens, mas eu quase nunca vi um policial. Em todas as horas que passei nestes eventos variados; de grandes missas e procissões aparentemente intermináveis até  milhares em escaladas em encostas rochosas ao mesmo tempo, eu vi apenas dois carros de polícia em uma ocasião e dois policiais em outra ocasião. Eu só menciono essas coisas porque eu mesmo testemunhei; são pequenas em comparação com as numerosas outras provas miraculosas de Medjugorje

Anos antes das aparições começarem, a cidade de Medjugorje viu-se na necessidade de uma nova igreja paroquial. A igreja de São Tiago foi então construída; por “algum” motivo, muito maior do que a cidade precisava, e dedicado a este grande santo que é padroeiro dos peregrinos (50 milhões de peregrinos já visitaram Medjugorje). A estátua de Jesus ressuscitado junto a esta igreja paroquial está constantemente vertendo líquido a partir do seu joelho direito. A estátua é feita de cobre  espesso, talvez com um pouco de concreto no meio, e está colocada sobre uma superfície de mármore. Eu não vejo nenhuma possibilidade de ação capilar e nenhuma fonte de água para até mesmo fazer isso ocorrer em primeiro lugar. Incontáveis pessoas viram o milagre do sol. E há mais e mais…

Então reze o terço todos os dias, vá à Santa Missa diária, se confessar pelo menos mensalmente, jejuar às quartas-feiras e sextas-feiras, e ler as Escrituras diariamente!

Em Cristo, por Maria,

Dan O’Connor

( escrita em 2010)

Traduzido para o português por Ehusson Chequer – tradutora inglês/português do Portal Medjugorje Brasil – http://www.medjugorjebrasil.com.br

Fonte: http://www.mysticpost.com/ultra-orthodox-catholic-on-medjugorje-satan-is-beaten-mercilessly-by-what-happens-at-medjugorje/

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *