Santo Papa João Paulo II disse: “Lamento dever guiar a Igreja aqui do Vaticano e não de Medjugorje”

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Compartilhe com seus amigos!

O mariólogo Laurentin defende Medjugorje: “Mas que engano satânico ! Ali aparece verdadeiramente Nossa Senhora”

padrereneelaurentin
o padre Renée Laurentin, maior mariólogo vivo, beija a mão da imagem da Rainha da Paz na casa da vidente Marija em Medjugorje.

CIDADE DO VATICANO – Opinião em confronto: O autor bispo exorcista Monsenhor Andrea Gemma, severamente atacou o fenômeno de Medjugorje definindo-o como um “grande engano”. Para ouvir outro parecer sobre as aparições, entrevistamos então a maior autoridade marióloga viva, o padre Renè Laurentin.

Padre Laurentin, o que responde ao Monsenhor Gemma ?

“Primeiramente, envio a minha calorosa saudação. Costumeiramente, para dizer a verdade, não gosto de falar de Medjugorje, porque prefiro seguir a linha do silêncio escolhida pela Igreja, mas neste caso não posso estar de acordo com o Monsenhor Gemma.

Certo, talvez o número das aparições de Nossa Senhora seja excessivo, mas penso que não se pode falar de um engano satânico. De outro lado, em Medjugorje verificam-se todos os anos o mais elevado número de conversões para a fé católica: para satanás o que lhe interessaria a recuperar tantas almas a Deus ? Veja, em situações como esta, a prudência é uma obrigação, mas eu estou convencido que Medjugorje é fruto do Bem e não do Mal”.

Monsenhor Gemma falou também de grandes interesses econômicos e vantagens dos videntes e de seus colaboradores…

operaromanapelegrinaggi
A opera romana pelegrinaggi é ligada diretamente ao Vaticano e também organizou peregrinações a Medjugorje.

“Nem mesmo esta crítica me parece muito convincente. Não esqueçam que no entorno de qualquer santuário existem negócios de artigos religiosos, de souvenirs, e em qualquer lugar existe um santo ou um beato que se venera, chegam centenas de ônibus e surgem estruturas hoteleiras para hospedar os peregrinos.

Utilizando o raciocínio de Monsenhor Gemma, devo dizer que também em Fátima, Lourdes, Guadalupe e San Giovanni Rotondo, existem também estes enganos inspirados por satanás para fazer enricar algumas pessoas ?

E depois me recordo que até a Opera Romana Pellegrinnaggi, que é diretamente ligada ao Vaticano, organiza viagens a Medjugorje. Portanto… “

O Monsenhor Gemma também afirmou que a Igreja Católica negou a veracidade das aparições pela boca de dois bispos de Mostar.

“Lamento discordar. Dois bispos locais contam sim, mas relativamente. Ao Vaticano, a Santa Sé não negou a veracidade das aparições, mas com a cautela que tem sempre, limitou-se a suspender o julgamento a espera de posteriores investigações e aprofundamentos”.

O bispo exorcista, que bem conhece o caso Medjugorje, salientou que foi o Papa Bento XVI, quando era o Cardeal Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, que cancelou peregrinações organizadas por sacerdotes e religiosos àquele local.

“Veja bem, no documento assinado pelo então Cardeal Ratzinger, não impede a nenhum sacerdote ou religioso de ir até Medjugorje. A proibição se assim pode-se definir, dizia respeito a participação dos bispos em peregrinações em massa”.

papajoaopaulo2Papa Bento XIV era muito próximo da posição do Santo Papa João Paulo II, verdade ?

“Tenho a enfatizar que o Papa João Paulo II disse: “Lamento dever guiar a Igreja aqui do Vaticano e não de Medjugorje”.

Isto sim me parece muito significativo.

Fonte: http://medjugorje.altervista.org/doc/prenelaurentin//12-Laurentin-difende-Medjugorje.php

Também publicado no site da paróquia de Medjugorje: www.medjugorje.hr

Fonte: perfil facebook Pantaleao Castriota

https://www.facebook.com/castriotapantaleo?fref=photo

Medjugorje: Casa della Tenerezza di Dio

Postado em 17 de setembro de 2015

Compartilhe com seus amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *